Somos Todos Pinherinho

No próximo sábado, dia 3, a Agência Popular Solano Trindade, com os grupos Veja Luz, Poesia Samba Soul, O Conselho, Preto Soul, Zinho Trindade e o Legado de Solano, Originais do Gueto, e em conjunto com os nossos parceiros do Luta Popular e também do nosso grande companheiro GOG de Brasília, estará se mobilizando para ir ao Ato-show em comemoração dos 8 anos do Pinherinho. Convidamos todos a participar dessa festa, que infelizmente acontece em meio a um contexto triste.

O Pinherinho era uma ocupação com mais ou menos 1500 famílias, localizada em São José dos Campos, e que sofreu não só um despejo, mas foi vitima de um massacre policial no início de fevereiro. O governo estadual foi o mandante do despejo, e passou por cima inclusive da justiça federal para fazer a ação.

Parceiros nossos, militantes de movimentos populares que estiveram presentes no dia, relataram para nós o nível absurdo de violência e truculência policial na ação do despejo. Porém, além da violência, isso demonstra para nós qual é a real resposta que o governo do estado tem para o problema da habitação, que é colocar na rua famílias pobres que não para onde ir, e garantir, através da repressão, o direito a terra somente aos ricos e, no caso do Naji Nahas, também ladrão.

Nossa luta na Agência é pelos direitos do povo, pelos direitos dos que não tem acesso à cultura, a educação, a um bom transporte público, e a uma moradia digna. Porque afinal de contas, somos todos um só, somos todos o povo, somos todos Pinherinho.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: